Olá, meu nome é Luís. Com S no final mesmo. Muito prazer!

Resolvi me dedicar a esse espaço para contar um pouco sobre o meu histórico profissional e, acima de tudo, relatar sobre a minha experiência lidando com papel. Meu emprego anterior era arquivista, operando principalmente junto ao setor financeiro e de recursos humanos de uma grande empresa multinacional com filial na cidade do Rio de Janeiro. E quando eu falo arquivista, o que vem em sua mente?

Livre-se das pilhas de documentos de uma vez por todas!

Exatamente o que você pensou, certo? Pilhas e mais pilhas de papel. Você não tem ideia quando um colega do departamento administrativo fazia a solicitação de um contrato com um determinado fornecedor passados 6 meses do fechamento do pagamento ou então quando o pedido era resgatar o histórico de salários de um determinado colaborador a pedido do setor de recursos humanos… Todas as tarefas não eram nem um pouco simples e me demandavam tempo excessivo, sem falar do estresse em enviar informações incompletas, desatualizadas e até mesmo equivocadas ou ver que alguns gerentes já se eximiam de suas responsabilidades pelo simples fato de a empresa “supostamente ter perdido a informação”. Aí, era o meu nome e reputação que estavam em jogo.

Dentre essa atmosfera de insegurança, acredito ter feito um bom trabalho nessa empresa, mas cá entre nós, não existia nenhum método alternativo para lidar com toda essa papelada? Atualmente, existem aplicações e serviços para tudo: tarefas, agenda, saúde, amizade… Por que ninguém ainda tinha inventado alguma solução eficaz para lidar com a gestão de documentos no dia a dia de qualquer organização? Sei que papel é o que mais rola de mão em mão em uma empresa, mas eu já estava cansado de ver folhas voando, e-mails chegando e bate-papo rolando, quando o mais importante é concentrar a informação em um único lugar.

Foi aí que conheci a SPSCOM.

Para ser mais específico, encontrei o site deles na internet e, confesso, revirei todas as páginas sobre a gestão da informação e suas diversas soluções para o mercado corporativo em apenas alguns minutos. O compromisso da empresa não é só exterminar com o papel através da gestão de documentos e captura inteligente, mas também oferecer melhores opções para a impressão de arquivos e alocação de mão de obra que não erradiquem o tempo e os custos de investimento em insumos, pessoal e treinamento em uma corporação.

Pela minha relação de amor e ódio ao papel, ingressei na empresa no departamento comercial, pois eu me considerava uma das vítimas a procura de soluções mais eficazes para a gestão da informação no mundo corporativo e entender o que um cliente ou fornecedor estivesse sofrendo passou a ser uma das minhas tarefas investigativas primordiais. O que complementou minhas atribuições foi, a partir da análise da empresa parceira, montar o melhor pacote de serviços que seus funcionários precisariam, salvando a companhia dos gastos excessivos. Isso mesmo: de vítima, tornei-me o herói!

Daí, veio a ideia de ser autor desse blog e contribuir com você, leitor, para o compartilhamento de conteúdo e novidades da vida de escritório empresarial – até então tão dependente do papel impresso – sem desistir da informação, o bem mais valioso de qualquer empresa. Aproveite, curta as matérias, contribua com suas opiniões e vamos ajudar nossos amigos que até agora desconhecemos porque não conseguimos enxerga-los atrás daquelas pilhas enormes de documentos. 😉

Até a próxima!
Luís Campos

Compartilhe

Saiba mais sobre